banner-gaia-AF

O uso de containers na arquitetura verde. Você conhece?

O uso de containers na arquitetura verde. Você conhece?

FOTO-4-Ecobox-Hotel2_Divulgacao

 

Apesar de ainda tímido por aqui, o conceito que torna os containers alternativas viáveis para a habitação tem provado que, para a arquitetura sustentável, a prática garante bons resultados. Econômico e ambientalmente correto, o uso de um container como estrutura evita o abandono de peças inutilizadas e a geração de custos com seu transporte, não produz entulho e torna a obra de uma edificação mais rápida e, consequentemente, menos cara e trabalhosa.

Tendência em projetos de casas, escritórios ou espaços comerciais, especialmente àqueles que tem como critério a chamada arquitetura verde, reaproveitar containers na construção civil ainda alia inovação e modernidade. Sua vantagem também está na flexibilidade construtiva oferecida pelos módulos, amplos e largos ou estreitos e compactos; na resistência do aço; e, ao mesmo tempo, na leveza de suas estruturas, o que facilita o deslocamento e permite encaixes perfeitos.

Já as desvantagens da prática estão, basicamente, nos cuidados que devem ser tomados na adoção de containers como elementos construtivos. O terreno, por exemplo, exige espaço suficiente para as manobras de transporte das peças. Além disso, um container usado pede tratamentos adequados para ferrugem quando empregados em obras, para o isolamento acústico e térmico do aço e à eliminação de resíduos contaminantes.

A chegada dos containers habitáveis no Brasil

Comuns como soluções arquitetônicas na Ásia e Europa, os containers só começaram a dar o ar de sua graça no setor nacional há poucos anos. No início, seu emprego era limitado e necessário apenas para abrigar pequenos escritórios ou como depósitos distribuídos por canteiros de obra. Hoje, o crescimento da prática no Brasil tem sido impulsionado com a divulgação de protótipos do conceito em feiras e eventos de arquitetura verde e decoração.

Um dos modelos nacionais mais inusitados e inspiradores para a construção sustentável é o famoso shopping de containers de BH, composto por  67 contentores marítimos recicláveis, que comportam 30 lojas de grandes marcas. O evento esportivo mais importante do ano para o país é outro bom exemplo: o departamento de sustentabilidade das Olimpíadas Rio 2016 fez uso de containers como estruturas temporárias nos espaços de competição, evitando prejuízos à fauna e flora locais.

Construções recentes em Três Lagoas (MS) e Foz do Iguaçu (PR) também comprovam como o uso de containers na arquitetura verde faz a diferença. Na primeira, um empresário construiu um hotel de container totalmente sustentável, composto por 18 suítes de 10m² cada e com obra que não gerou resíduos. Enquanto que Foz abriga o primeiro hostel brasileiro de containers; o Tetris Container Hostel, assim chamado, faz uso de 15 módulos e conta com cozinha e até piscina, além dos quartos, é claro.

Como usar containers em uma construção sustentável?

Via de regra, quando se concebe projetos de arquitetura verde, três pontos são fundamentais: a otimização do uso de recursos naturais como uma ação que não cause impactos ambientais, o emprego de materiais disponíveis e reaproveitados do próprio ambiente, e a geração de menos resíduos. Nesse sentido, os containers habitáveis são opções completas, não só por viabilizarem a criação de uma casa sustentável, mas por facilitarem as etapas da construção verde.

Para tal, além das precauções básicas durante a obra, os containers devem passar por processos de recuperação, que incluem limpeza completa, funilaria, pintura e aplicação de revestimentos. Ainda há métodos específicos de alicerce, empilhamento, fundação e fixação, geralmente realizados por empresas especializadas. Outro fator indispensável é a obtenção de laudos assinados por engenheiros químicos que comprovam a higienização e habitabilidade da casa de container e atestam a ausência de possíveis riscos radiativos, físicos e biológicos.

FOTO-DE-ABERTURA-Incubo-House_Sergio-Pucci FOTO-1-House_Wade-Griffith-600x294 FOTO-3-Tetris-Container-Hostel_Facebook-Tetris

FONTE: www.temsustentavel.com.br

Posts relacionados

Desenvolvimento de projetos e licenciamentos ambientais junto a Agrodefesa, Ministério da Agricultura, DNPM, IBAMA, SECIMA, AMMA, SEMMA e outros órgãos ambientais em todo o Brasil.

Saiba Mais